Tel.: (11) 3149-5190 | 0800-773-9973

logo home

linfoma

Data de criação: 08 Abril 2016

Tratamento - LH

Consultoria Dr. Bernardo Garicochea

O linfoma de Hodgkin tem ótimas chances de cura, principalmente quando a doença é descoberta logo no início. Os tratamentos são baseados principalmente em:

 

Quimioterapia

qt1É um tratamento que utiliza medicamentos extremamente potentes no combate ao câncer, com o objetivo de destruir, controlar ou inibir o crescimento das células doentes. Os principais medicamentos utilizados são:

· Bleomicina

· Carboplatina

· Ciclofosfamida

· Cisplatina

· Citarabina

· Dacarbazina

· Doxorrubicina

· Doxorrubicina Lipossomal Peguilada

· Etoposídeo

· Gencitabina

· Ifosfamida

· Procarbazina

· Vimblastina

· Vincristina

·Vinorelbina

Sua administração é feita em ciclos, com um período de tratamento, seguido por um período de descanso, para permitir ao corpo um momento de recuperação. Ela pode ser oral ou aplicada direto no sangue, por meio de um cateter. Saiba como cuidar de seu cateter

Alguns efeitos colaterais podem surgir, como enjoo, diarreia, obstipação, alteração no paladar, boca seca, feridas na boca e dificuldade para engolir. Mas saiba que existem medicamentos para amenizá-los. A nutrição é uma importante aliada na melhora de cada um deles, e por isso a Abrale fez uma seleção de alimentos que vão te ajudar bastante neste momento.  

Nos tratamentos mais tradicionais para linfoma de Hodgkin, uma das medicações utilizadas - a bleomicina - pode causar um efeito colateral importante em alguns pacientes, que pode ser reversível em quase todos os casos se detectado bem no começo. Este remédio pode provocar uma inflamação nos pulmões. Se você sentir falta de ar ou tosse contínua durante o tratamento sem causa aparente, procure imediatamente o seu médico. Tratamento com corticoides resolvem esta situação.

A queda de cabelo também costuma acontecer, pois a quimioterapia atinge as células malignas e também as saudáveis, em especial as que se multiplicam com mais rapidez, como os folículos pilosos, responsáveis pelo crescimento dos cabelos. Nessa fase, busque por alternativas como lenços, bonés, chapéus ou perucas, caso se sinta mais à vontade.

A imunidade baixa, comum a esta fase do tratamento, pode facilitar o surgimento das infecções. A febre é o aviso de que um processo infeccioso está começando, então não deixe de procurar seu médico. Se for necessário, medicamentos serão administrados.

Mas com pequenos cuidados, como lavar as mãos com frequência, você pode evitar que essas temidas infecções apareçam. Veja outras dicas

Também são utilizados medicamentos como terapia de suporte, que objetivam controlar ou inibir o surgimento de infecções, amenizar os efeitos colaterais da quimioterapia e melhorar a qualidade de vida do paciente em tratamento. Os principais são:

· Aciclovir

· Alfaepoetina

· Alopurinol

· Caspofungina

· Dexametasona

· Enoxaparin

· Filgrastim

· Levofloxacina

· Metilpredinisolona

· Mesna

· Mercaptopurina

· Sulfametoxazol

· Trimetoprima

· Voriconazol

Todos estes medicamentos são aprovados pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e distribuídos gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

A Abrale oferece gratuitamente Apoio Jurídico a todos os pacientes do Brasil. Se você está enfrentando alguma dificuldade em seu tratamento, não hesite em nos contatar!

 

Radioterapia

São utilizadas radiações ionizantes, que destroem ou inibem o crescimento das células anormais que formam um tumor. Mas tudo vai depender da doença ou do quadro clínico de cada paciente. 

Ela pode ser feita em conjunto à quimioterapia. Como efeitos colaterais, pode apresentar problemas de pele, como ressecamento, coceira, bolhas ou descamação. Veja como cuidar de sua pele

 

Transplante de células-tronco

É indicado em poucos casos, quando o paciente não responde aos outros tratamentos, mas tudo vai depender de fatores como condição clínica e idade da pessoa.

Se a medula óssea não estiver acometida, o próprio paciente será o seu doador, no chamado transplante autólogo.

Entenda mais sobre o transplante

 

Anticorpo monoclonal

Os anticorpos são proteínas produzidas pelo sistema imunológico para combater infecções, e os anticorpos monoclonais, também conhecidos por imunoterapia, são  produzidos em laboratório com o objetivo de agir em um alvo específico.

O Brentuximab, utilizado para o linfoma em estágio avançado em caso de recidiva (quando a doença voltou) é o principal imunoterápico utilizado.

Este medicamento tem registro na Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), mas não tem distribuição gratuita pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

A Abrale oferece gratuitamente Apoio Jurídico a todos os pacientes do Brasil. Se você está enfrentando alguma dificuldade em seu tratamento, não hesite em nos contatar!

 

Vídeos de Linfoma

Depoimentos de LH

  • Olá amigos! Sou a Aline, de Alegrete/RS, fui diagnosticada com LH em janeiro desse ano e ainda continuo na luta. Fiz seis ciclos do protocolo ABVD e quando achei que estaria livre, veio a pet ct dizendo que ainda tinha algo ali. Chorei e fiquei muito triste. A doutora pediu uma biópsia de mediastino. Uma mediastinoscopia. Fiz e aguardo o resultado. Estou na luta junto com vocês. Deus vai nos abençoar porque somos mais que vencedores nele. Beijos, meus amigos. Leia mais
    Olá amigos! Sou a Aline, de Alegrete/RS, fui diagnosticada com LH em janeiro desse ano e ainda continuo na luta. Fiz seis ciclos do protocolo ABVD e quando achei que estaria livre, veio a pet ct dizendo que ainda tinha algo ali. Chorei e fiquei muito triste. A doutora pediu uma biópsia de mediastino. Uma mediastinoscopia. Fiz e aguardo o resultado. Estou na luta junto com vocês. Deus vai nos abençoar porque somos mais que vencedores nele. Beijos, meus amigos. Aline Trindade Linfoma de Hodgkin - LH
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6
  • 7
  • 8

Certificados

Busca rápida


Importante!

Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. Em caso de dúvida consulte seu médico! O acesso a informação é um direito de todos.

 

Hospedagem Voluntária

hostgator