Tel.: (11) 3149-5190 | 0800-773-9973

logo home

leucemia

Data de criação: 08 Abril 2016

Subtipos – LLC

Consultoria – Dr. Guilherme Perini


A LLC afeta, na maior parte dos casos, os linfócitos B, mas existem alguns tipos raros da doença que podem afetar os linfócitos do tipo T (também responsáveis pela proteção de nosso organismo), ou até mesmo outras células. São elas:

Leucemia prolinfocítica - as células doentes são semelhantes às células normais, denominadas prolinfócitos, que são formas imaturas de linfócitos B ou linfócitos T. Tanto um como outro tendem a ser mais agressivos do que a leucemia linfoide crônica usual. A maioria dos casos responderão a alguma forma de tratamento, mas com o tempo tendem a voltar.

Leucemia linfocítica granular – é bastante rara, mas este tipo de LLC afeta os linfócitos T. Ela tem um crescimento lento e pode ser mais difícil de tratar.

Tricoleucemia – também chamada de leucemia de células pilosas (ou células cabeludas), ela tem um crescimento lento, é bastante rara e tem uma forte predominância no sexo masculino. O nome se dá ao fato de as células terem formato de pelo.   

 

Vídeos de LLC

Depoimentos de LLC

  • Olá pessoal! No dia 02/02/2012 depois de ter realizado uma biópsia de medula óssea tive uma surpresa que me tirou o chão de baixo dos pés. O resultado foi leucemia ou leucemia de células pelosas, um tipo de câncer que ataca acima dos 75 anos conforme informações dos médicos.Eu com 48 anos fui diagnosticado com este tipo de câncer. Minha esposa e meus dois filho ficaram em desespero, mas levantei a cabeça e disse a eles que eu tenho uma chance e eu vou lutar por ela, juro que não é fácil, mas sou bem teimoso. Tive que brigar na Leia mais
    Olá pessoal! No dia 02/02/2012 depois de ter realizado uma biópsia de medula óssea tive uma surpresa que me tirou o chão de baixo dos pés. O resultado foi leucemia ou leucemia de células pelosas, um tipo de câncer que ataca acima dos 75 anos conforme informações dos médicos.Eu com 48 anos fui diagnosticado com este tipo de câncer. Minha esposa e meus dois filho ficaram em desespero, mas levantei a cabeça e disse a eles que eu tenho uma chance e eu vou lutar por ela, juro que não é fácil, mas sou bem teimoso. Tive que brigar na justiça para conseguir os medicamentos onde foi possível somente em junho de 2012 dar inicio ao tratamento. Fiz a primeira quimio, mas no segundo dia tive reações e fiquei internado por 17 dias, em isolamento.Graças a Deus tive alta e agora estou em casa. Já terminei as quimio e estou bem. Dia 27/05/2013 fiz outra biopsia da medula e constatou que estou bem com uma possibilidade de volta da mesma, mas não constatou infiltração neoplásica na medula. Tudo isto foi possível até aqui por fé em Deus e também pelo apoio de alguns amigos de verdade e principalmente pela minha companheira de todas as horas que é minha esposa. Tudo que passei com ela do meu lado foi mais fácil, mas a luta continua sem medo e com muita esperança! Celio Ailton dos Santos Leucemia Linfoide Crônica - LLC
  • 1

Certificados

Busca rápida


Importante!

Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. Em caso de dúvida consulte seu médico! O acesso a informação é um direito de todos.

 

Hospedagem Voluntária

hostgator