Menu
Conteúdo gratuito para pacientes de câncer e doenças do sangue, e seus familiares!

A boa jabuticaba

Imagem Jabuticaba
Pesquisas revelam que alguns compostos na casca da fruta reduzem em até 50% células cancerígenas de leucemia

Pesquisas revelam que alguns compostos na casca da fruta reduzem em até 50% células cancerígenas de leucemia

Estas frutinhas pretas, escuras e doces vêm de uma árvore presente exclusivamente no Brasil, a jabuticabeira.

Típicas dos quintais de antigamente, originária da Mata Atlântica, hoje encontram-se jabuticabeiras até em vasos posicionados em local claro e ventilado nas grandes varandas dos edifícios. Uma maneira de trazer a vida tranquila do interior para os grandes centros.

Com jabuticaba faz-se geleias, sucos e dentre outras receitas. Mas essa frutinha agora se mostra uma aliada e tanto na prevenção do câncer, começando justamente pela leucemia. A descoberta, encabeçada pelo Dr. Mario Roberto Marostica Junior, PhD e professor associado na FEA-UNICAMP, testou exemplares do subtipo Sabará, a que tem maior ocorrência no país, portanto, fácil de achar. As frutas foram separadas em polpa e casca, com estas últimas processadas por liofilização, um tipo específico de desidratação que conserva ao máximo as características do produto.

Os estudos, feitos apenas em roedores, mostraram excelentes resultados. A substância que dá a cor escura ao fruto traz em si a capacidade antioxidante – e numa fase posterior, seus nutrientes inibem a ação de enzimas responsáveis pelo surgimento da célula cancerígena em até 50%.

Não bastasse essa descoberta, a jabuticaba ainda inibe o diabetes do tipo 2 e regula o colesterol. Por ser antioxidante, a jabuticaba é indicada para retardar o envelhecimento precoce, e seu pigmento colabora para o bem do coração. Para quem tem prisão de ventre, recomenda-se consumir jabuticabas com a casca, bem mastigadas.

Mas, comê-las em excesso pode dar dor de barriga e as sementes (que acabam passando), prisão de ventre. Por isso, vamos com calma! Dez frutinhas por dia já são o suficiente.

Veja algumas receitas para usar a jabuticaba no seu dia a dia:

Jabuticaba com água de coco

O consumo ideal é in natura, e se for consumir em maiores quantidades, em forma de suco: bater polpa, casca e sementes de 10 jabuticabas no liquidificador com água filtrada e coar, fica parecendo um suco de uva. Mas dá para incrementar! Acrescente água de coco ou capim santo. Além de harmonizarem super bem, a água de coco transforma o suco numa vitamina com muitos sais minerais, e o capim santo dá sensação refrescante e calmante.

Geleia de jabuticaba

Ingredientes

  • 800g de jabuticaba
  • 400g de açúcar cristal
  • Água filtrada

Preparo

  • Colocar as jabuticabas em uma panela grande e alta e, com as mãos, apertar todas até desmancharem
  • Acrescentar água filtrada até cobrir tudo e acender o fogo médio
  • Deixar ferver, sem misturar, até que a água fique bem rosada
  • Escorrer em uma peneira e medir a quantidade de líquido
  • Voltar o líquido para a panela e acrescentar açúcar na mesma quantidade do líquido. Deixe essa mistura ferver. O ponto certo é quando os pingos demoram a cair da colher
  • Despejar ainda quente num vidro esterilizado, tampar e deixar na geladeira por até uma semana

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*