Menu
Conteúdo gratuito para pacientes de câncer e doenças do sangue, e seus familiares!

Careca e feliz!

  

Careca E Feliz 2
Aos pacientes, família e amigos: de que forma podemos realmente lidar com a queda dos cabelos, durante o tratamento

Aos pacientes, família e amigos: de que forma podemos realmente lidar com a queda dos cabelos, durante o tratamento

Por Mariana Cavalcante – Psicóloga da Abrale

O cotidiano do paciente durante o tratamento é repleto de novos desafios e perdas: perda da rotina, de algumas “certezas” da vida e também, na maior parte dos casos, do cabelo.

Neste momento, questionamentos podem surgir, afinal tudo é novo. Mas, embora cada indivíduo lide de um jeito com a situação, sabemos que a queda do cabelo pode impactar emocionalmente tanto paciente quanto familiares e amigos.

Durante o tratamento, o paciente enfrenta mudanças significativas. Alguns relatam que existe a divisão “antes do diagnóstico” e “pós-diagnóstico”. Hoje, são diversos os tratamentos e o câncer já pode ser considerado uma doença crônica. Mas apesar dos avanços, muitos ainda associam a doença a algo triste e até mesmo a uma sentença de morte, e ao verem uma pessoa careca acabam apresentando sentimentos de pena e compaixão.

Ter um câncer expõe o paciente a olhares de curiosidade, e também pode gerar comentários do tipo: “Você tem um rosto lindo!” “Sua cabeça é bonita”.  Mas vamos refletir um pouco: será que frases nesse sentido vão acrescentar algo?

Se você realmente quer ajudar, indico que pergunte como, de fato, pode fazê-lo. Existem várias saídas para lidar com a queda de cabelos, e você pode ser muito útil ao mostra-las ao paciente. Lenços, perucas, chapéus, bonés ou até mesmo mostrar carequinha a todos.

Às mulheres que enfrentam a doença, minha dica é sempre realçar seus pontos fortes, pois não é só o cabelo que torna uma mulher incrível. Tente buscar o que você tem de mais lindo! Uma outra saída é conhecer pacientes que também passaram por isso e ver quais estratégias elas utilizaram. Na rede Amar a Vida existe a comunidade “Beleza e Autoestima”, onde você pode encontrar mais dicas e conhecer novas histórias.

E o mais importante: a quimioterapia é passageira e consequentemente ficar careca também. Aproveite esse momento para se redescobrir, ver o que faz sentido em sua nova fase de vida! Provavelmente após o tratamento tudo terá um novo significado.

Agora, se estiver difícil lidar com todas essas questões, saiba que a ABRALE oferece atendimento psicológico gratuito para pacientes e familiares. Entre em contato conosco: 3149-5190 ou abrale@abrale.org.br.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *