Menu
Conteúdo gratuito para pacientes de câncer e doenças do sangue, e seus familiares!

É hora de tomar sorvete!

  

Imagem Sorvetes
 Já está no mercado o copinho que alimenta e alivia os efeitos colaterais de quem faz quimioterapia

Já está no mercado o copinho que alimenta e alivia os efeitos colaterais de quem faz quimioterapia

Quem faz quimioterapia sabe da dificuldade que é para se alimentar, uma vez que os efeitos colaterais do tratamento causam náuseas, vômitos, feridas na boca, aftas, mucosite (lesões na mucosa) e aquela maldita sensação de boca seca.

Nessas horas, tudo o que a gente quer é um alimento geladinho e fácil de comer. Em outras palavras, sorvete! Foi de olho nessa situação que a equipe de nutricionistas da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desenvolveu um produto que atende às necessidades do paciente e mais: com alto valor nutricional, para dar aquela força tão necessária durante o tratamento.

Uma empresa de sorvetes se interessou pelo projeto e começou a fabricar o Ypy, nos sabores chocolate, morango e limão. A diferença dele para o produto comum está na composição – e não exatamente no gosto.

“A receita possui açúcar orgânico, a polidextrose, que é uma fibra solúvel, a proteína isolada de soro de leite, mais conhecido como whey protein, e o azeite de oliva sem sabor”, revela a nutricionista Paloma Mannes, da equipe que desenvolveu o produto.

Ela conta que, ao lado da preceptora Akemi Arenas Kami e da orientadora Francilene Gracieli Vieira, pensou em algo que realmente atendesse a necessidade dos pacientes, de maneira viável, não só na forma de consumo, mas também economicamente. E o principal: que proporcionasse um tratamento mais humanizado.

De volta ao sorvete, a sua ingestão, de fato reduz a ação dos efeitos colaterais da quimioterapia, enquanto dá ao corpo de quem o consome uma poderosa mistura com alto valor biológico e fibra e baixo teor de gordura total.

No Ypy não há gordura trans, glúten ou lactose. Desde que começaram os testes, um ano atrás, o sorvete teve grande aceitação dos pacientes. “A escolha cuidadosa dos ingredientes é muito responsável por isso. Não só no aspecto de alto valor nutricional, mas também na ideia de consumir algo que faz parte de um repertório alimentar reconhecido e apreciado pela população”.

A conclusão é que iniciativas como essa provam que tão importante quanto tratar é olhar e cuidar do paciente com câncer de uma forma geral. Por isso, ela representa uma possibilidade terapêutica promissora, tanto na prevenção como na recuperação do estado nutricional de quem está doente.

Encontre os sorvetes Ypy em www.ypysorvetes.com.br

Receitinhas para refrescar e que ajudam a amenizar os sintomas da mucosite:

Sorvete de melancia e hortelã

No liquidificador, bata o suco de melancia com a hortelã. Transfira a mistura para formas de picolé e leve ao congelador por 4 horas ou até ficar firme.

Sorvete de morango e mel

Coloque os morangos congelados na batedeira. Bata um pouco e vá adicionando o mel, sem parar de bater, até ficar cremoso. Leve de volta ao freezer por mais 1 hora, para firmar a textura antes de servir.

1
Deixe um comentário

1 Comentários da postagem
0 Respostas da postagem
1 Pessoas acompanhando a postagem
 
Comentário mais com mais reações
Comentário mais relevante
1 Comentários de autores
  Receba um aviso sobre comentários nessa notícia  
recentes antigos
Me avise quando
Regina

muito joia, mas faltam as receitas sem açúcar! Os diabéticos que fazem quimio, na maioria das vezes não encontram alimentos adequados nos hospitais!!! A sobremesa é sempre fruta … e quando faz quimio eles oferecem até uva! Ou gelatina. Seria excelente ter sorvete para diabéticos