Menu
Conteúdo gratuito para pacientes de câncer e doenças do sangue, e seus familiares!

Nós somos a cura

Querido(a) amigo(a),

Motivados pelo propósito em ampliar o acesso aos tratamentos adequados a todas as pessoas que precisam enfrentar o diagnóstico de um câncer, não mensuramos esforços para ampliar o diálogo e envolver outros atores na busca por soluções co-criadas e co-implementadas.

Os problemas na área da saúde são muito complexos e por este motivo as soluções dependem de uma conscientização urgente a respeito da prevenção, diagnóstico correto e precoce, tratamentos que incluam os cuidados integrais e paliativos. Além disto, medidas para definir aspectos como a adequação da infraestrutura e investimento, capacitação e educação continuada para as equipes de saúde e cobertura dos custos dos tratamentos não podem estar fora da agenda.

Trata-se de um desafio coletivo que não depende apenas dos governos e dos profissionais da saúde. O Movimento Todos Juntos Contra o Câncer, proposto pela Abrale, convida atores com múltiplos olhares e saberes a entenderem a Política Nacional de Prevenção e Controle do Câncer e a protagonizarem na construção de um cenário mais favorável aos pacientes. São 18 Grupos de Trabalho que se reúnem mensalmente com foco singular, mas que no conjunto, também estão interconectados. As ações colaborativas propostas e lideradas pelos GTs certamente ampliarão os horizontes de todos os envolvidos, evidenciando a importância de refletirmos e praticarmos a saúde em rede.

Saindo do coletivo e analisando o indivíduo, vejo que os mesmos desafios do sistema estão presentes no nosso cotidiano ao lidarmos com as questões da nossa vida.

Apesar de crescermos escutando que a saúde é o nosso principal patrimônio, pouca atenção é dada para zelar por este “bem”. E quando nos deparamos com alguma fragilidade, ficamos perdidos no contato com o desconhecido, que não é a doença, mas sim os mecanismos que dispomos para combatê-la. Nosso corpo é também uma grande rede que conecta o que pensamos, com o que escolhemos e agimos, com a nossa essência (alma), chegando até à microesfera celular.

Tantos nomes complexos, incontáveis informações vindas das mais variáveis fontes, mas o fundamental é saber que está em nós a essência Divina e o potencial de reestabelecer o bom funcionamento de nosso organismo. Os tratamentos medicamentosos são parte importante, o conhecimento do médico e da equipe de saúde é crucial, as tecnologias e infraestrutura contemporâneas são relevantes, mas se nós não fizermos a nossa parte, o empenho surtirá limitado efeito.

Na Abrale, também dedicamos cuidados para o empoderamento do paciente. Mas será que o sistema está preparado para pacientes que participam da decisão junto com o seu time de saúde? Sim! Creio que cada vez mais quem “cuida” está pronto a escutar. E isto fará toda a diferença nos desfechos que vislumbramos.

Este é a nossa esperança e comprometimento: ouvirmos uns aos outros, aceitarmos opiniões diferentes e tentarmos avançar nos pontos de convergência, num sistema que potencialize, celebre e privilegie a vida.

Que os conteúdos cuidadosamente compilados nesta revista e em outros canais da Abrale, com a ajuda de centenas de pessoas que participam de nossas iniciativas, sejam importantes aliados para que possam transcender no entendimento de seus desafios, colaborando com novos avanços. Uma corrente sem fim de amor, fé e perseverança, com Deus sempre no comando.

Conte conosco e escolha fazer parte <3

Abraço carinhoso, transbordando gratidão.

Merula Steagall – Presidente da Abrale

 

 

 

Nós Somos A Cura