Tel.: (11) 3149-5190 | 0800-773-9973

logo home

Data de criação: 31 Março 2016 Last modified on 31 Março 2016

Leucemia Mielomonocítica Crônica - LMMC

Consultoria – Dra. Érika Midori

Tudo começa nas células tronco, responsáveis por formar os componentes do sangue: glóbulos vermelhos, encarregados pela oxigenação do organismo; glóbulos brancos, que defendem o corpo das infecções; e as plaquetas, que evitam hemorragias.

É um tipo de síndrome mielodisplasica/mieloproliferativa. Ela acontece quando os monócitos, um tipo de glóbulo branco, passam a se reproduzir de maneira descontrolada, tornando a contagem destas células em um número bastante elevado. 

Entre 15% a 30% dos pacientes com leucemia mielomonocítica crônica (LMMC) podem desenvolver leucemia mieloide aguda, já que o paciente também pode apresentar blastos (tipos de glóbulos brancos imaturos), comuns a este tipo da doença.

 

Ainda não se sabe o porquê de seu surgimento, mas esta não é uma doença hereditária. Aproximadamente 90% dos casos são diagnosticados em pessoas com mais de 60 anos, e os homens são mais afetados que as mulheres. 

Certificados

Busca rápida


Importante!

Os conteúdos disponíveis neste portal são exclusivamente educacionais e informativos. Em hipótese nenhuma deve substituir as orientações médicas, a realização de exames e ou, tratamento. Em caso de dúvida consulte seu médico! O acesso a informação é um direito de todos.

 

Hospedagem Voluntária

hostgator